Como planear uma cozinha com a Lar Darte

Planear um espaço de raiz é sempre um projeto deveras empolgante, sobretudo quando se trata de uma das divisões mais utilizadas pela família: a cozinha. Este não é apenas um espaço onde se preparam refeições, é o coração do lar, um espaço de convívio onde toda a família se reúne.

É desta forma importante, que a cozinha seja um lugar equilibrado, que apresente harmonia entre a estética e a funcionalidade. Ao planear este espaço, é fundamental desenvolver soluções modernas e funcionais que correspondem às necessidades e exigências de cada família, não descurando cada detalhe e pormenor.

Neste artigo, a Lar Darte reúne algumas dicas a ter em conta na hora de planear a sua cozinha.

A importância da Ergonomia

A ergonomia pode ser definida como o estudo da relação entre o homem e a sua ocupação, entre o equipamento e o ambiente onde pratica a sua atividade. No caso da cozinha, um dos espaços mais usados para a realização de tarefas quotidianas, é necessário que existam soluções ergonómicas, que facilitam o dia a dia e criem experiências agradáveis. Neste sentido, garantir uma cozinha ergonómica é certificar que existe conforto, bem-estar e funcionalidade.

Apesar de existirem algumas regras consideradas básicas, existe a obrigatoriedade de as confrontar com as necessidades e as características dos moradores, uma vez que nem todos funcionam através do mesmo padrão, sendo influenciados por hábitos sociais e pelo surgimento de novas tecnologias.

A Lar Darte planeia ao mais ínfimo detalhe o seu espaço, desde os modelos dos puxadores dos seus armários, ate à altura da bancada que deseja para a sua cozinha. Ao planear o espaço são consideradas inúmeras variáveis, como: as medidas físicas dos moradores, os equipamentos a utilizar, as dimensões do espaço disponível, entre outras.

Considerar o distanciamento mínimo entre os vários volumes

O distanciamento entre os vários volumes, relacionado com o ponto anterior, é um fator elementar a ter em conta ao conceber a sua cozinha. Para que o processo seja bem conseguido deverão ser reunidas todas as medidas do espaço: o comprimento, a largura e a altura, desde chão e paredes, até às portas e às janelas. Da mesma forma, devem ser tidas em conta as medidas do esboço do projeto, como também as ligações da água, sistemas de esgotamento sanitário, canalizações, sistemas de gás, chaminés e os interruptores.

Assim, os vários volumes do espaço devem cumprir as dimensões adequadas de distância e a correta colocação dos equipamentos, favorecendo o conforto e a funcionalidade do ambiente, mas de forma imprescindível, que primeiramente garantam a sua segurança. O cliente, desta forma, consegue usufruir de cada centímetro do espaço, evitando possíveis bloqueios na abertura do mesmo e favorecendo a entrada de luz e ventilação natural.

Garantir um equilíbrio entre a funcionalidade e a estética

Atualmente, tendo em conta, que as cozinhas são vistas como um espaço de convívio, é essencial que exista uma simbiose equilibrada entre a estética do espaço e a sua funcionalidade.

No que diz respeito à estética, existem diferentes estilos com os quais se pode inspirar e utilizar, sendo importante que, a personalização do espaço vá ao encontro do gosto pessoal e personalidade de cada um. As possibilidades são infinitas, desde a cor e acabamentos, à configuração (cozinha em L, U, com ilha ou kitchenette, entre outras) e até ao próprio estilo arquitetónico e de design (rústica, moderna, nórdica, americana, etc).

No entanto, apesar de a estética ser importante, a funcionalidade do seu espaço deve ser sempre o foco principal do projeto, complementando de forma adicional as decisões de design. Questione-se de que forma poderá usar o seu espaço, antes de começar a pensar em materiais e cores.

A Lar Darte possui como principal objetivo a criação de um local propício aos seus moradores, planeando o mesmo de forma estratégica e personalizável.

A contínua aposta na utilização de materiais de qualidade

Ao projetar um novo espaço é fundamental a utilização de materiais de qualidade, pois influenciam automaticamente a sua segurança e o seu conforto. Ao escolher materiais ou matérias-primas mais “baratas” pode estar a comprometer o seu projeto e trazer, no futuro, mais preocupações e gastos.

Portanto, é vital referir que a aplicação de materiais de construção com qualidade, fabricados através de matérias-primas mais refinadas, resistentes de boa procedência tem uma maior duração, segurança e funcionalidade.

Os projetos Lar Darte garantem sempre toda a qualidade e rigor na construção, promovendo resultados finais seguros e de confiança.

Adaptar necessidades e gostos pessoais

Um projeto deve ir de encontro às necessidades e ao gosto pessoal dos seus moradores, não devendo consistir apenas na adaptação do design e dos materiais ao espaço físico em si. A flexibilidade e a personalização são dois dos princípios chave intrínsecos à Lar Darte, onde através do mesmo processo, correspondemos às necessidades de cada cliente, procurando desenvolver soluções integradas e funcionais.